<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, janeiro 10, 2005

Jogo insuportável o de ontem à noite frente ao Rio Ave. Vítor Baía parece ter adquirido um estranho prazer em pontapear bolas contra os adversários (assim de repente lembro-me de ter feito o mesmo contra Boavista e Moreirense), mas, já perto do final da partida, lá acabou por salvar o Porto de mais uma derrota (assim de repente lembro-me de andar a fazer o mesmo desde 1989).
Por ter falhado uma reposição de bola e ter feito a defesa da noite, o Record atribuiu nota 2 ao Vítor Baía. O Record, já se sabe, é um 'jornal' cuja qualidade está ao nível da actual defesa do Benfica, sobretudo quando o Argel é titular. É um 'jornal' com uma redacção composta por 'jornalistas' que, tenho a certeza, estariam dispostos a matar a própria mãe caso isso lhes garantisse um frango do Vítor Baía em todos os jogos. Felizmente para nós - e para o Baía - que a maior parte deles não sabe quem ela é.
Mas nem tudo foi mau este fim-de-semana. O derby da capital foi um jogo emocionante e bem disputado, com oportunidades de golo para ambas as equipas e onde a figura do encontro foi, sem dúvida, aquele que eu considero ser um dos três melhores guarda-redes europeus da actualidade: Iker Casillas.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?